quarta-feira, 12 de março de 2014

Luminosa Frialdade

A muito pensei em você,
Na dureza em seu olhar.
Teus olhos são radiantes
Reflexos do Sol sobre o mar.

Desejo você terna aqui,
Mas terna sei que não é.
O silencio teu é espinho
A espetar minha fé.

Fé no amor que ainda tenho
Das esperanças que venho
Ver-te sem dizer adeus.

Pois da mais brilhante estrela
És a mais linda centelha
Nascida das mãos de Deus.




Ewerton Barbosa, eu. 12/03/2014